Medvedev e o caso Zverev: «Sou contra qualquer tipo de violência, especialmente doméstica»

Medvedev e o caso Zverev: «Sou contra qualquer tipo de violência, especialmente doméstica»

Por José Morgado - novembro 19, 2020
Zverev-Medvedev
Russia’s Daniil Medvedev (R) gestures to Germany’s Alexander Zverev (L) after his straight sets win in their men’s singles round-robin match on day two of the ATP World Tour Finals tennis tournament at the O2 Arena in London on November 16, 2020. (Photo by Glyn KIRK / AFP) (Photo by GLYN KIRK/AFP via Getty Images)

Daniil Medvedev, número quatro do ranking mundial, foi um dos poucos jogadores do circuito a reagir à polémica em torno de Alexander Zverev, acusado pela sua ex-namorada Olga Sharypova de agressão durante o namoro de ambos entre 2018 e 2019. Sharypova era muito próxima da esposa de Medvedev e o russo, ainda que sem querer comprometer-se muito, acabou por condenar qualquer tipo de atitude que o seu amigo alemão possa ter tido.

“É um tema complicado. A minha mulher era muito próxima dela e davam-se muito bem quando ela viajava com o Sascha no circuito. Eu sou contra qualquer tipo de abuso, obviamente, especialmente violência doméstica. Não sei detalhes sobre a história do Sascha, mas reafirmo que sou contra a violência”, disparou Medvedev em conferência de imprensa.

O russo de 24 anos, que já está nas meias-finais das ATP Finals como vencedor do Grupo Tóquio, foi ainda questionado sobre se o ATP Tour deveria investigar a situação. “Não sei exatamente como são as regras para esta situação. Em muitas das empresas, tem de haver uma investigação policial para que a entidade patronal investigue o seu funcionário. Não sei qual será a posição do ATP sobre este assunto”.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.