Zverev: «Já falei bastante sobre a minha situação e estou aqui para jogar ténis»

Zverev: «Já falei bastante sobre a minha situação e estou aqui para jogar ténis»

Por Tiago Ferraz - novembro 19, 2020
zverev-bercy

O tenista alemão Alexander Zverev voltou a falar sobre a polémica que tem envolvido o seu nome nas últimas semanas fora dos courts isto depois de ter mantido vivas as esperanças de marcar presença nas meias-finais das ATP Finals.

“Bom, vou gerir a situação da mesma forma que tem feito nas últimas semanas. Não muda nada. Penso que já falei bastante sobre esse assunto. Estou aqui para jogar ténis e fiz o meu trabalho. Tenho que voltar a fazê-lo na sexta-feira”, salientou.

Alexander Zverev fala ainda da edição de 2021 do Australian Open:

“Os primeiros encontros do ano, especialmente para mim, são sempre muito difíceis. Nesse sentido, gostava de jogar um ou dois torneios e talvez a ATP Cup antes do Australian Open. Acho que eles estão a fazer o que é possível. O governo australiano está muito cauteloso porque não há casos na Austrália. Têm 13 casos acho eu. Assim é claro que se de repente chegarem 3000 pessoas isso pode fazer com que os casos positivos aumentem. Penso que se testarem as 3000 pessoas existirão alguns casos positivos pelo que devemos ser muito cautelosos, mas veremos se se joga ou não o Australian Open. Estou desejoso que chegue o momento. Adorava jogar o Australian Open. Acho que vamos poder treinar antes do torneio. Se não pudermos treinar pelo menos durante 14 dias e fossemos jogar acho que ia ser uma lotaria para ver quem era o campeão do Australian Open. Espero que se encontre uma maneira para que possamos jogar uma ou duas semanas antes do torneio. O AO é seguramente um dos meus Grand Slams favoritos”, ressalvou.

Recorde-se que Alexander Zverev joga um encontro decisivo esta sexta-feira diante de Novak Djokovic na luta por um lugar nas meias-finais das ATP Finals de 2020.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.