Os números de Federer e Djokovic até chegarem à final de Wimbledon

Por Nuno Chaves - julho 14, 2019
LONDON, ENGLAND – JULY 06: Roger Federer of Switzerland looks over at Novak Djokovic of Serbia as he walks past him during a change of ends during the Gentlemen’s Singles Final match on day thirteen of the Wimbledon Lawn Tennis Championships at the All England Lawn Tennis and Croquet Club on July 6, 2014 in London, England. (Photo by Pool/Getty Images)

Novak DjokovicRoger Federer defrontam-se daqui a pouco na luta pelo título de Wimbledon. Os dois mostraram-se irrepreensíveis ao longo das duas semanas no All England Club, mas vamos olhar para alguns números dos dois durante o torneio.

A nível físico não se pode dizer que um jogador parte com uma maior vantagem. Se Federer teve uma exigente batalha nas meias-finais frente a Rafa Nadal de 3h02 minutos, Djokovic passou em court 2h49 minutos com Roberto Bautista Agut. No total, o sérvio esteve 13h04 em campo, contra as 12h25 minutos de Federer.

Quanto a sets perdidos, o cenário é igualmente equilibrado, mas com vantagem para Djokovic. O número um mundial cedeu apenas dois parciais até chegar à final (um frente a Hubert Hurkacz, na 3ª ronda e outro frente a Bautista Agut, na meia-final).

Já o helvético de 37 anos viu fugir três sets ao longo do torneio. O primeiro logo na ronda inaugural frente a Lloyd Harris, o segundo contra Kei Nishikori, nos quartos de final e o terceiro contra Nadal, nas meias-finais.

E como na relva muito se fala na importância do serviço, vamos olhar para o número de ases que os dois jogadores protagonizaram ao longo da competição. Djokovic disparou 49 serviços ganhantes, sendo que o jogo em que esteve mais eficaz foi frente a Denis Kudla, na segunda ronda (13 serviços sem resposta).

Já Federer conseguiu realizar 56 ases até à final. O jogo em que mais serviços ganhantes disparou foi, precisamente, frente a… Nadal (14).

Os dados estão lançados. A grande final, recorde-se, tem início marcado para as 14 horas de Portugal Continental.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.