Medvedev nega Grand Slam a Djokovic de forma clara e conquista primeiro Major no US Open

Medvedev nega Grand Slam a Djokovic de forma clara e conquista primeiro Major no US Open

Por José Morgado - setembro 12, 2021

Daniil Medvedev, nascido em Moscovo há 25 anos, escreveu este domingo o seu nome na história do ténis, ao conquistar a edição de 2021 do US Open. O russo não só inscreve o seu nome no prestigiado lote de campeões de torneios de Grand Slam, como impede que o sérvio Novak Djokovic, número um mundial, complete o histórico Grand Slam de calendário e chegue ao 21.º título Major, que seria um novo recorde masculino.

O russo, número dois do Mundo e a jogar a sua terceira final de Grand Slam da carreira — depois das perdidas no US Open 2019 (Nadal) e no Australian Open 2021 (Djokovic), derrotou resta feita o sérvio de 34 anos por 6-4, 6-4 e 6-4, em 2h15, num encontro em que foi sempre superior ao recordista de semanas na liderança do ranking ATP e que até poderia ter ‘arrumado’ mais cedo, não tivesse tremido na primeira vez em que serviu para o título, a 5-2 no terceiro set, jogo em que perdeu o seu serviço pela primeira (e única…) vez.

Mais fresco física e mentalmente do que um adversário que jogou mais cinco horas (e perdeu mais cinco sets), Medvedev, que há muito espreita um título de Grand Slam, voltou a mostrar que é capaz de vencer os melhores jogadores do Mundo (e da história) nos maiores palcos e nunca deu grandes chances ao sérvio que, ainda que muito apoiado pelo público (e celebridades), que queria ver história, nunca conseguiu encontrar uma forma de ultrapassar o russo, mostrando-se quase sempre perdido do ponto de vista tático.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.