Medvedev: "Finalmente ganhei dois jogos na quadra central!"

Medvedev: “Finalmente ganhei dois jogos na quadra central!”

Por José Morgado - julho 9, 2024

Daniil Medvedev, número 5 do mundo, carimbou nesta terça-feira (09) seu passaporte para as semifinais de Wimbledon pelo segundo ano consecutivo, ao derrotar nas quartas de final o italiano Jannik Sinner, número 1 do mundo.

O jogo foi muito disputado e durou mais de quatro horas, o que não surpreendeu o russo de 28 anos, que tinha perdido os últimos cinco confrontos contra o italiano.

Leia também:

Laura Pigossi se recupera de pneu e vence tira-teima com belarussa em Contréxeville
Challenger de Braunschweig: Meligeni cai na estreia; Wild se retira
De volta ao saibro, Monteiro supera Rola na estreia em Challenger na Áustria

“Já não dá para ganhar do Jannik sem ser assim. De forma muito sofrida. É claro que vi que, em certo momento, ele não se sentia bem, mas essas coisas passam e ele depois melhorou. Por um lado, queria fazê-lo sofrer, por outro é uma situação delicada para mim”, confessou o russo, que celebrou o fato de ter vencido pela primeira vez dois jogos na quadra central na mesma edição de Wimbledon. “Normalmente ou ganho um… ou zero”, brincou.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt