Federer: «Muitos diziam que o fim do Rafa era em 2008 e o meu em 2009. Mas ainda estamos aqui»

Por Nuno Chaves - julho 10, 2019

Roger Federer cedeu um set frente a Kei Nishikori mas garantiu a sua passagem para as meias-finais de Wimbledon, onde vai marcar encontro com Rafa Nadal.

O suíço de 37 anos, sem surpresas, voltou a deixar muitos elogios ao seu amigo. “Já sabes tudo sobre o Rafa, tal como eu. Acho que não preciso de dizer quais são as suas forças e fraquezas. Ele melhorou muito em relva durante os últimos anos. Ele também está a jogar de forma diferente. Não nos defrontamos nesta superfície há muito, muito tempo”, confessou o helvético.

Federer relembrou os encontros passados entre ambos para explicar as diferenças. “Ele está a servir de uma forma diferente. Lembro-me da maneira em que ele costumava servir. Agora serve com muito mais força, termina os pontos muito mais depressa. É impressionante ver como se consegue manter saudável. Muitos diziam que em 2008 era o fim dele. O mesmo comigo em 2009. Mas ainda estamos aqui, é muito bom defrontarmo-nos novamente”, explicou.

 

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.