Carreño incrédulo com impunidade de Djokovic: «É difícil cumprir regras com o número um a jogar...»

Carreño incrédulo com impunidade de Djokovic: «É difícil cumprir regras com o número um a jogar…»

Por Bola Amarela - julho 31, 2021
djokovic

Durante a frustrante derrota na luta pela medalha de bronze nos Jogos Olímpicos, Novak Djokovic protagonizou um momento de fúria quando atirou uma raquete para a bancada e depois destruiu-a. Ora, o número um do mundo ficou impune pela primeira ação e só levou o warning pela raquete que danificou, algo que deixou Pablo Carreño Busta incrédulo logo no court. O espanhol pediu um point penalty para o sérvio, tendo em conta o acumular de infrações e voltou a falar sobre o tema no final do encontro.

Carreño, que brilhou para arrecadar a medalha de bronze, deixou no ar a hipótese de Djokovic ser favorecido nestes casos. “Deve ser difícil assegurar que se cumpre a regras com o número um do mundo a jogar…”afirmou o tenista espanhol. Por seu turno, Nole falou sobre esse momento em que destruiu a raquete. “Acontece. Não foi a primeira vez e provavelmente não será a última. Não gosto de fazer estas coisas, mas somos todos humanos. Às vezes é difícil controlar as emoções”, apontou.

Djokovic teve ataque de fúria, atirou raqueta para a bancada e depois destruiu-a

Bola Amarela