Lamento de Becker: «É pena que Ferrer já não treine Sascha Zverev»

Lamento de Becker: «É pena que Ferrer já não treine Sascha Zverev»

Por Bola Amarela - janeiro 22, 2021
zverev-becker

Sempre atento à atualidade do ténis mundial, Boris Becker não deixou de olhar para aquilo que 2021 pode ser para o compatriota Alexander Zverev. A lenda do desporto alemão considerou que o último ano foi especialmente conturbado, mas o principal lamento veio de algo que já se passou este ano.

“Muita coisa aconteceu ao Sascha Zverev, tanto no desporto como na vida privada. Desportivamente foi talvez o melhor ano, mas na vida privada o mais difícil. É a vida, chama-se crescer. É pena que Ferrer já não o treine. Parecia que tinham uma boa química, como se viu nos sucessos em court”, destacou o antigo número um do Mundo à Eurosport.

E o que vem a seguir? Mesmo com esse apontamento sobre Ferrer, Boris Becker mantém-se confiante sobre os próximos passos de Zverev. “Agora, Mischa Zverev vai ter um papel mais importante. Ele conhece muito bem o irmão e foi um profissional de classe mundial. Começa-se do zero e essa tem de ser a expectativa. Há que se encontrar novamente neste novo contexto desportivo. O ténis começa 0-0 e é assim que vejo as coisas com ele”, rematou.

Bola Amarela