Fognini explica o que mudou na sua mentalidade para derrotar Nadal em Monte Carlo

Por Nuno Chaves - junho 19, 2019
Tennis – ATP 1000 – Monte Carlo Masters – Monte-Carlo Country Club, Roquebrune-Cap-Martin, France – April 20, 2019 Italy’s Fabio Fognini shakes hands with Spain’s Rafael Nadal after their semi final match REUTERS/Eric Gaillard – RC1C87B11140

Fabio Fognini vive, muito possivelmente, o seu melhor momento quer a nível profissional como pessoal. O italiano estreou-se no top 10 do ranking mundial, ganhou em abril o Masters 1000 de Monte Carlo e, fora dos courts, já é pai e é casado com a antiga jogadora Flavia Pennetta.

Numa conversa com a Sky Sports Italia, Fognini falou da sua vitória frente a Rafa Nadal, nas meias-finais no Mónaco e explicou o que mudou. “O Rafa é único, não é humano porque ganhar 12 vezes Roland Garros é algo que não existe. Enfrentei-o, sofri muitas derrotas mas na última vez ganhei”, afirmou o número 10 mundial.

“Sempre lutámos. Ao princípio, jogar contra o Nadal dá-te um pouco de pressão, antes do jogo vês o Rafa a saltar para cima e para baixo no balneário e mentalmente já te ganhou antes de ir para o court”, contou Fognini, que explica como conseguiu ultrapassar essa barreira mental.

“Com o tempo acalmei-me. Comecei a conhecê-lo porque quanto mais jogas com estas figuras, mais as conheces. Isso deu-me a possibilidade de conhecer as suas debilidades e foi aí que comecei a competir. Antes não tinha essa fé”, garantiu o jogador transalpino.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.