Domínio absoluto: Wimbledon vai ser o 11.º Grand Slam consecutivo conquistado pelo Big 3

Por Nuno Chaves - 13 julho, 2019

Nos Grand Slams mandam o Big 3. Os números dizem isso mesmo e a edição de 2019 de Wimbledon não foge à regra. Novak DjokovicRoger Federer jogam este domingo a grande final e vem confirmar uma tendência que se verifica há muito.

Este vai ser o 11.º título do Grand Slam consecutivo em que Federer, Djokovic ou Rafa Nadal saem vencedores. O último jogador a quebrar este registo foi Stan Wawrinka… no US Open 2016. Mas para ter uma ideia, desde 2004 jogaram-se, até ao momento, 63 Grand Slams: desses 63, o Big 3 conquistou… 53.

Gastón Gaudio (Roland Garros 2004), Marat Safin (Australian Open 2005), Juan Martin Del Potro (US Open 2009), Andy Murray (US Open 2012, Wimbledon 2013 e 2016), Marin Cilic (US Open 2014) e Stan Wawrinka (Australian Open 2014, Roland Garros 2015 e US Open 2016) foram os homens que conseguiram que fugiram à tradição.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.