Australian Open num impasse: «Governo não abre exceções para entrarem tenistas não vacinados»

Australian Open num impasse: «Governo não abre exceções para entrarem tenistas não vacinados»

Por Bola Amarela - outubro 27, 2021
Djokovic-Medvedev
MELBOURNE, AUSTRALIA – FEBRUARY 21: Daniil Medvedev of Russia holds the runners up plate as Novak Djokovic of Serbia holds the Norman Brookes Challenge Cup as he celebrates victory in his Men’s Singles Final match against Daniil Medvedev of Russia during day 14 of the 2021 Australian Open at Melbourne Park on February 21, 2021 in Melbourne, Australia. (Photo by Cameron Spencer/Getty Images)

Está definitivamente instalada a confusão. Depois de circular a informação de que os tenistas não vacinados iam poder entrar na Austrália para competir no Australian Open, mesmo fazendo uma quarentena à chegada, o responsável máximo do estado de Victoria, que acolhe o torneio, mostra-se absolutamente irredutível. Daniel Andrews não dá hipóteses e diz que não vai permitir a entrada de nenhum tenista que não tenha a vacinação completa.

“Quero enviar uma mensagem a todos os habitantes do estado de Victoria que fizeram as coisas bem e vacinaram-se. Este governo não abre exceções para entrarem tenistas não vacinados”, começou por dizer, ladeado por mais ministros.

Andrews deu ainda exemplos do que já tem sido organizado na Austrália. “Só queremos pessoas vacinadas. Temos experiência a organizar grandes eventos desportivos em que todos os adeptos e participantes tinham a vacinação completa e não vamos desviar-nos desse caminho. Seria contraproducente exigir ao público, voluntários e trabalhadores terem a vacinação e permitir que viessem tenistas não vacinados”, rematou.

Bola Amarela