Zverev e o GOAT: «Todos adoramos Federer e Nadal, mas números são números»

Zverev e o GOAT: «Todos adoramos Federer e Nadal, mas números são números»

Por José Morgado - dezembro 15, 2021
djokovic-zverev

Alexander Zverev, número três do Mundo, campeão olímpico e das ATP Finals, falou esta quarta-feira sobre o debate em torno do estatuto de melhor tenista de todos os tempos e não mostrou muitas dúvidas sobre quem é que para ele é o melhor.

“Sei que todos adoramos — incluindo a maioria dos fãs — o Federer e o Nadal, mas os números são os números e não podemos ir contra as estatísticas. O Novak Djokovic tem tantos Grand Slams como eles, mais semanas a número um e é o jogador que terminou mais anos no topo do ranking. Também tem mais títulos Masters 1000 e toda uma série de outros recordes. Não podemos defender Roger e Rafa nesta discussão apenas do ponto de vista emocional. Há que olhar para as estatísticas e recordes do Novak, que são um feito”, desabafou o germânico de 24 anos.

Zverev fala ainda das diferentes experiências que teve com vários treinadores de topo e defende o trabalho… do seu pai. “O meu pai foi melhor treinador para mim do que o Lendl. Não tenho dúvidas disso. O melhor treinador que tive na vida para além do meu pai foi o David Ferrer”, assegura sobre a experiência com o espanhol em 2020.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.