Tipsarevic arrasa a ITF na reforma do circuito de transição: «Estão a destruir o ténis!»

Por José Morgado - 2 março, 2019

Sobe o tom e aumenta o número de vozes críticas às polémicas reformas que a Federação Internacional de Ténis decidiu introduzir nos torneios ITF a partir de 2019. A Federação alterou no início deste ano muitas das regras dos primeiros degraus do circuito profissional, retirando os pontos ATP e WTA da maioria dos seus torneios e fazendo alterações no tamanho dos quadros de qualificação que deixaram sem possibilidade de competir centenas de jogadoras um pouco por todo o Mundo.

Os tenistas que habitualmente competem a esse nível tal como muitas Federações e caras conhecidas do ténis mundial têm desencadeado uma luta contra estas mudanças, que inclui uma petição (com mais de 13 mil assinaturas), um grupo de facebook com mais de 2.200 jogadores e uma carta assinada e enviada à ITF com cerca de 700 assinaturas de jogadores.

Janko Tipsarevic é o mais recente crítico… e de que maneira. “Com estas alterações, a ITF não está a fazer mais nada do que destruir o ténis. Vejo muita dor e sofrimento todos os dias por parte de muitos jogadores que estão no início das suas carreiras e não podem competir, não têm acesso aos torneios. Para além disso, se queremos atrair fãs para o ténis convém que não os confundamos com dois sistemas de torneios e rankings distintos. Estamos a seguir o caminho errado”, disparou o ex-top 10 ATP.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.