Líder da WTA lamenta: «Temos grandes campeãs mas falta-nos a consistência dos homens»

Líder da WTA lamenta: «Temos grandes campeãs mas falta-nos a consistência dos homens»

Por Bola Amarela - outubro 18, 2021
barty

As comparações feitas entre o circuito masculino e o feminino são constantes, especialmente no que diz respeito aos desfechos em torneios do Grand Slam. Ora, este US Open trouxe a surpreendente final feminina entre Emma Raducanu Leylah Fernandez, que até foi mais vista do que o duelo entre Novak Djokovic Daniil Medvedev. No entanto, Micky Lawler destaca o que ainda falta ao ténis feminino quando é questionada sobre a imprevisibilidade em cada torneio.

“Pode ver-se isso de duas maneiras. Uma mostra que há muita profundidade no ténis feminino, o que significa que todos os encontros são muito disputado e o ténis está a um nível altíssimo. Mas a consistência de quem ganha também é importante para vender a marca das jogadoras. Por exemplo, Roger e Rafa têm ganho e ganho e todos sabem quem eles são”, referiu a presidente da WTA, em entrevista ao LA Times.

Mas Lawler não fica por aí e explica o que deve mudar. “No ténis feminino isso é mais difícil. Temos Serena Williams, Simona Halep, Garbiñe Muguruza… Basicamente, temos grandes campeãs muito conhecidas, mas falta-nos a consistência dos homens”, admitiu.

  • Categorias:
  • WTA
Bola Amarela