Kokkinakis: «É ainda mais difícil quando se está dois anos sem ganhar dinheiro»

Kokkinakis: «É ainda mais difícil quando se está dois anos sem ganhar dinheiro»

Por Bola Amarela - março 24, 2021
kokkinakis

Depois de um autêntico calvário de lesões, eis que Thanasi Kokkinakis parece mesmo de volta à melhor forma. O australiano de 24 anos parece já ter passado uma vida no circuito, mas está agora de regresso ao mais alto nível, depois de ultrapassar o qualifying no Masters 1000 de Miami. Ainda como 243.º ATP, Kokkinakis confessa que cada momento se torna mais especial hoje em dia.

“Estive tanto tempo sem jogar ténis que cada encontro se torna uma grande oportunidade de mostrar que mereço voltar a ter o meu antigo ranking, que posso recuperar a confiança e que mereço estar entre os melhores”, disse o australiano, que chegou a ser 69.º classificado do ranking mundial.

Na verdade, a situação de Kokkinakis tornou-se mais complicado pelo facto de estar a voltar em plena pandemia, com o circuito claramente afetado, também a nível financeiro. “É ainda mais difícil quando se está dois anos afastado do circuito sem poder ganhar dinheiro nenhum. É complicado quando se volta e tudo ficou reduzido drasticamente. Acaba por ser uma espécie de sobrevivência. Tenho um foco diferente e assumo as coisas como uma rampa de lançamento para o ano que vem. Espero que as coisas voltem à normalidade, que o prize money regresse e tenhamos uma boa oportunidade de viver deste desporto”, confessou.

Bola Amarela