Federer tem mais do que o título em jogo na final de Wimbledon

Por Nuno Chaves - julho 13, 2019
Tennis – Wimbledon – All England Lawn Tennis and Croquet Club, London, Britain – July 6, 2019 Switzerland’s Roger Federer celebrates winning his third round match against France’s Lucas Pouille REUTERS/Tony O’Brien – RC1520F43500

Concluída a final feminina, que teve como grande vencedora a romena Simona Halep, as atenções estão agora totalmente viradas para a final masculina de Wimbledon, que vai opor Roger Federer frente a Novak Djokovic.

O suíço vem de uma vitória exigente frente ao eterno rival Rafa Nadal mas já tem mais um fator de motivação para defrontar o número um mundial, outro velho rival.

Além de poder conquistar o troféu pela nona vez no All England Club, Federer pode regressar à segunda posição do ranking ATP. Para isso, “só” precisa de bater Djokovic.

Caso consiga, o helvético de praticamente 38 anos sai de Wimbledon com 8260 pontos contra os 7945 de Rafa.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.