Federer sobre evitar Djokovic antes da final em Wimbledon: «Não representa uma diferença para mim»

Por Nuno Chaves - 24 junho, 2019

Roger Federer, no seu primeiro torneio de relva da temporada, teve uma semana de alto nível para conquistar o ATP 500 de Halle, naquele que foi o seu décimo título da carreira na prova alemã.

Com esta conquista, Federer garante o estatuto de segundo cabeça de série em Wimbledon e evita defrontar Novak Djokovic antes da final. Será que isso representa alguma coisa para o helvético?

Federer foi claro. “Sinceramente não representa uma diferença para mim. Evito o Djokovic nas meias-finais? Ok, está bem, continua a ser o mesmo. O que me permite é planificar tudo de uma melhor maneira”, começou por explicar.

“Cada vez que ganhei em Halle, joguei muito bem em Wimbledon. Obviamente que ganhar aqui não me garante nada dentro de uma semana, mas depois de tanto tempo no circuito já sei o que preciso para ser competitivo. E o mais importante: sei que desta vez estou livre de lesões”, afirmou o número três mundial.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.