Bertens saiu do court de cadeira de rodas e Errani diz que é tudo teatro: «Estava a rir no restaurante»

Bertens saiu do court de cadeira de rodas e Errani diz que é tudo teatro: «Estava a rir no restaurante»

Por José Morgado - setembro 30, 2020
kiki-bertens

Kiki Bertens venceu esta quarta-feira Sara Errani num encontro dramático em Roland Garros, que se prolongou por mais de três horas e que acabou com insultos e a jogadora holandesa a ser retirada do court de cadeira de rodas após vencer. Irritada, Errani, antiga top 5 mundial, disparou contra a holandesa, afirmando não acreditar que a sua adversária estivesse realmente lesionada.

“Odeio que brinquem comigo e se riam na minha cara. Ele deixou o court numa cadeira de rodas e a chorar, mas minutos depois estava no restaurante a rir-se. Acabei de vê-la. Não gosto deste tipo de coisas. Mas parabéns para ela, que conseguiu irritar-me com esta situação e vencer o encontro”, disparou a vice-campeã de Roland Garros em 2012.

Errani insistiu não considerar que a holandesa estivesse assim tão lesionada. “Ela estava a correr como nunca, a jogar de forma incrível. E depois agia como se estivesse a morrer. Não gosto deste tipo de situações. Mas ela ganhou, parabéns por isso”.

Bertens também passou pela conferência de imprensa e compreendeu a atitude de Errani. “Percebo que para ela seja frustrante. Teve oportunidades e não as conseguiu aproveitar. Se ela acha que eu sou assim tão boa atriz, talvez fosse boa ideia tentar uma carreira nessa área!”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.