Zverev: «Preciso de fazer mais para entrar na história do ténis»

Por Bola Amarela - 20 março, 2019

Finalista no ano passado e número três mundial, Alexander Zverev surge como segundo favorito ao triunfo no Miami Open, mas é também com plena consciência de que precisa de dar mais um passo em frente na sua carreira que vai pisar, a partir desta quarta-feira, os court rápidos do novíssimo Hard Rock Stadium.

“Quando começamos a jogar, não podemos pensar que o Roger Federer tem 20 títulos do Grand Slam e que Rafael Nadal tem quase os mesmos, temos de pensar na nossa própria carreira, em continuar a melhorar a cada dia que passa e dar tudo para vencer”, disse o alemão de 21 anos aos jornalistas presentes na Flórida.

Titular de 10 anos, Zverev continua sem fazer a diferença nos torneios do Grand Slam. “Sento que preciso de fazer mais para ter algum impacto na história do ténis”, admitiu o campeão de três títulos da categoria Masters 1000, destacando a importância do seu pai na sua aprendizagem. “Praticava muitos desportos por ser uma criança muito ativa, era uma forma de acalmar. Desde pequeno que o meu pai me dava conselhos de forma a jogar melhor, apoiando-me independentemente do resultado. O importante era aprender”. 

Depois de eliminado na terceira ronda de Indian Wells, o germânico fica isento da primeira ronda no Miami Open, tendo como adversário na segunda ronda o vencedor do embate entre Sam Querrey e David Ferrer.