Woodbridge: «A organização da Taça Davis foi péssima»

Por Miguel Silva - dezembro 4, 2019
todd-woodbridge
imagem:

O antigo tenista australiano Todd Woodbridge teceu duras críticas ao novo formato da Taça Davis cuja primeira edição foi jogada em Madrid no mês de novembro.

 Em entrevista à Ubitennis o australiano mostrou o seu desagrado e diz o que falhou:

«No que diz respeito, unicamente, ao ténis foi tudo brilhante, mas a organização foi péssima. (…) Tudo isto foi muito problemático e levou a que se jogassem encontros até às quatro horas da manhã», ressaltou.

Woodbridge mostra-se desagradado com o facto de países como a França e a Sérvia já terem um lugar assegurado na próxima edição devido a um Wild Card, saltando assim a fase de qualificação:

«Deram Wild Cards esta semana, a um ano da próxima edição. Como podem fazer algo assim? Parece que querem ‘garantir’ a presença do Novak Djokovic para o ano que vem».

O antigo número um mundial de pares deixou ainda um reparo para o facto da assistência ter estado bastante aquém das expectativas:

«Um dos grandes problemas foi o público. Nós (Austrália) jogamos o primeiro encontro diante de 400 adeptos, nada mais, e isso é algo realmente decepcionante. Têm que melhorar muitas coisas para o próximo ano se querem que isto tenha sucesso», concluiu.

Miguel Silva