Wimbledon pondera introdução do tie-break no quinto set

Por admin - 18 julho, 2018

A épica maratona de 6 horas e 36 minutos entre Kevin Anderson e John Isner, que ditou a qualificação do sul-africano para a final de Wimbledon com um triunfo por 26-24 no quinto set, pode ter sido a gota de água para a alteração de uma das regras mais antigas do torneio londrino — e também do Australian Open e de Roland Garros.

Segundo o jornal ‘The Times’, os responsáveis de Wimbledon estão a ponderar a implementação de um tie-break no quinto set pois consideram que a final masculina, vencida facilmente por Novak Djokovic, teve a sua qualidade condicionada pela longa duração das meias-finais.

Certa é a estreia de um teto amovível no Court 1 para 2019.