Wimbledon planeia erguer uma estátua a Murray

Por Bola Amarela - 14 janeiro, 2019

Andy Murray anunciou nesta segunda-feira que nos próximos dias vai decidir o que fazer à sua vida, havendo ainda a hipótese (arriscada) de tentar uma segunda operação à anca direita e poder regressar à competição, mas as homenagens ao britânico de 31 anos vão já sendo muitas. O torneio de Wimbledon, que Murray venceu em duas ocasiões, a primeira delas em 2013, 77 anos depois de Fred Perry, a lenda britânica que se mantém de pedra e bronze no recinto do torneio inglês.

E é precisamente com uma estátua que o All England Club pretende homenagear ex-número um mundial. “Temos muito carinho por ele”, disse  Richard Lewis, chefe executivo da prova, à BBC. “Sempre sentimos que quando o Andy se retirasse seria o momento mais apropriado para reconhecer a sua extraordinária carreira. Tenho a certeza que algo como [a estátua] será feito, mas, enquanto isso, ele é encarado como uma pessoa muito respeitada dentro e fora do court”, acrescentou.

Murray foi afastado na estreia do Open da Austrália, nesta segunda-feira, pelo espanhol Roberto Bautista Agut, podendo este ter sido o último encontro da sua carreira.