Wilander: «Federer precisa de condições perfeitas para ser uma ameaça em Grand Slams»

Por Nuno Chaves - 25 janeiro, 2019

Dois anos depois, Roger Federer voltou a perder um encontro em Melbourne Park, ao ceder na quarta ronda do Open da Austrália para Stefanos TsitsipasMais Wilander voltou a recordar esse embate e deu declarações interessantes sobre as chances do suíço em torneios do Grand Slam.

“Surpreendeu-me muito a derrota do Federer com o Tsitsipas. Penso que tinha uma grande oportunidade para voltar a acrescentar um Grand Slam nas suas vitrinas, mas creio que as condições do court e da bola não foram as ideais para ele”, admitiu o sueco.

“Não nos podemos enganar, o Roger tem 37 anos e precisa de condições perfeitas para que seja uma ameaça nos Grand Slams. Vamos ver se em Wimbledon ou no US Open isso acontece”, reconheceu.

Para Wilander, um dos fatores que não tornam Federer favorito é o físico. “Cada ano que passa fica mais complicado lutar de igual para igual com os melhores tenistas do mundo durante sete jogos de alta intensidade. As opções para ele passam por tentar acabar cedo e sem desgastar-se. Se conseguir chegar à segunda semana sem cansaço e com condições que o favoreçam, pode ser tomado em conta, mas essas maratonas em cinco sets já terminaram”, admitiu, em declarações recolhidas pelo site Tennis365.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.