Vajda: «Não sabia se ia ver o mesmo Novak mas quando nos encontrámos vi o Djokovic do costume: um campeão»

Vajda: «Não sabia se ia ver o mesmo Novak mas quando nos encontrámos vi o Djokovic do costume: um campeão»

Por Nuno Chaves - setembro 6, 2018
Novak Djokovic of Serbia and his coach Marian Vajda (L) attend a training session prior the 2015 French Open tennis championships at the Roland Garros stadium in Paris on May 20, 2015. AFP PHOTO / MIGUEL MEDINA (Photo credit should read MIGUEL MEDINA/AFP/Getty Images)

Se há alguém que tem crédito no regresso de Novak Djokovic à grande forma e aos grandes títulos, esse alguém chama-se Marian Vajda. O técnico de sempre do sérvio voltou à equipa técnica em 2018 e os resultados não demoraram a aparecer, depois duma fase em que Nole andava longe das vitórias.

Numa entrevista à Eurosport, Vajda falou sobre a temporada de 2016, altura em que conquistou Roland Garros, o único torneio do Grand Slam que lhe faltava no currículo. “Em 2016 precisava de descanso. Tinha vencido tudo, tinha ganho todos os Grand Slams e jogar constantemente era difícil, o seu corpo e a sua mente precisavam de descansar”, referiu.

Sobre o regresso à equipa de Djokovic, o eslovaco revelou não saber o estado em que ia encontrar o seu pupilo. “Creio que é um grande lutador, um verdadeiro campeão, o seu coração tem o desejo de ganhar e nunca mudou. Quando me ligou para voltar não esperava nada. Não sabia a condição em que estava, não sabia se era o mesmo Novak mas quando nos voltámos a encontrar vi o mesmo Novak, um campeão”, disparou Vajda, um dos grandes responsáveis por todo o sucesso do atual número seis mundial.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.