Vajda e a final de Roland Garros: «Nadal esteve a um nível estratosférico»

Vajda e a final de Roland Garros: «Nadal esteve a um nível estratosférico»

Por Tiago Ferraz - novembro 27, 2020
nadal

O treinador de Novak DjokovicMarian Vajda foi citado pelo Punto de Break numa entrevista à imprensa eslovaca onde falou da temporada do sérvio e lembra que o objetivo do número um mundial para 2020 foi cumprido, mas lembra a final perdida para Rafael Nadal em Roland Garros.

“Rafa teve uma atuação estratosférica na final de Roland Garros. Todas as suas pancadas foram muito profundas e agressivas e o Novak Djokovic não encontrou a melhor versão do seu jogo. Foi uma pena que ele não tenha conseguido vencer  o terceiro set. Acredito que se o tivesse conseguido talvez teria encetado esforços para uma boa reação”, salientou.

Marian Vajda falou ainda da alegada falta de motivação do sérvio para esta fase final da temporada de 2020:

“É evidente que Djokovic não tinha tanta motivação como é habitual nesta fase da época porque já tinha assegurado o número um do mundo. Faltou-lhe perspicácia necessária nestes momentos… Não pode deixar que Thiem dê a volta a um 4-0 no tie break”, revela.

Recorde-se que Rafael Nadal bateu Novak Djokovic na final de Roland Garros de forma clara e somou o 13.º título em Roland Garros e igualou o recorde de Roger Federer.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.