Uniqlo não consegue vender qualquer peça de roupa… na Suíça

Por José Morgado - 1 março, 2019

A Uniqlo, marca japonesa que paga 30 milhões de dólares por ano a Roger Federer para que o suíço de 37 anos vista as suas roupas, não consegue vender uma única peça… no país do campeoníssimo. Segundo avança a SRF, a marca não conseguiu entrar ainda no mercado devido a problemas fiscais,  pelo que ainda não foi possível abrir qualquer loja em solo helvético.

E mais: quem tentar comprar pela internet… também não pode, já que a Uniqlo se recusa a fazer entregas para a Suíça pelo mesmo tipo de argumentos.

Recorde-se que Federer continua a ser o desportista mundial que mais dinheiro ganha em contratos publicitários, sendo que o seu maior de todos é atualmente precisamente com a Uniqlo, com a qual assinou em meados de 2018. Vão estar ligados até 2028, quando o helvético já tiver 47 anos.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.