Tsitsipas aprova vacinação obrigatória no Australian Open: «Vou jogar com as condições definidas»

Tsitsipas aprova vacinação obrigatória no Australian Open: «Vou jogar com as condições definidas»

Por Nuno Chaves - outubro 14, 2021
epa09522738 Stefanos Tsitsipas of Greece reacts in his match against Alex De Minaur of Australia at the BNP Paribas Open tennis tournament at the Indian Wells Tennis Garden in Indian Wells, California, USA, 13 October 2021. EPA/RAY ACEVEDO

Stefanos Tsitsipas avançou para os quartos de final do ATP 1000 de Indian Wells após uma enorme batalha frente a Alex De Minaur, naquele que terá sido o melhor encontro masculino da semana.

O grego, mais tarde, passou pela sala de conferências de imprensa onde fez a análise a esta partida. “Ambos fizemos grandes bolas, a lutar desde a linha de fundo, a tentar mover a bola da esquerda para a direita. A verdade é que houve muitas trocas de bolas, o encontro ficou muito físico ma estava pronto para este tipo de desafios”, confessou o número três mundial.

“Estava preparado para deixar o meu último alento e não ficar parado, estava pronto para esperar pelo meu momento sem apressar-me. Isto requer muita força de vontade, ainda que isto mude muito do dizer ao fazer, mas esta noite estava disposto a lutar durante mais de três horas, se fosse preciso”, garantiu.

Tsitsipas, em poucas palavras, também confessou qual o seu principal objectivo para o final desta temporada. O meu objetivo é terminar entre os primeiros três do mundo”, atirou.

Quanto ao Australian Open, que deverá exigir vacinação aos tenistas, Tsitsipas, que em tempos não foi um defensor da vacina contra a Covid-19, demonstrou um discurso bem diferente. “Vou jogar com as condições definidas, creio que é o justo”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.