Torneios ATP e WTA pré-Australian Open não vão ter qualifying e passam de 5... a 6

Torneios ATP e WTA pré-Australian Open não vão ter qualifying e passam de 5… a 6

Por José Morgado - janeiro 23, 2021

Numa altura em que estamos a uma semana de o ténis finalmente começar a ser jogado na Austrália, continuam a surgir novidades sobre os torneios que se vão disputar na próxima semana, em Melbourne, com a Tennis Australia a tentar adaptar-se da melhor maneira possível ao facto de ter nesta altura ter 72 tenistas completamente fechados no quarto e impossibilitados de treinar.

Perante esta situação, a federação australiana decidiu acrescentar mais um torneio, aumentando para seis o número de provas que vão ser jogadas no mesmo recinto, em Melbourne Park, a partir de 31 de janeiro: a ATP Cup, dois ATP 250, dois WTA 500 e um WTA 250.

NOVIDADES

— Um novo WTA 250 com um quadro de 28 jogadoras apenas para tenistas em confinamento total. A prova não terá qualifying nem quadro de pares e arranca apenas no dia 3 de fevereiro, para dar mais tempo às tenistas de se prepararem;

— Os restantes WTA 500 não terão fase de qualificação e contarão com quadro de pares de 28 tenistas. Entrarão neles todas as outras jogadoras;

— Os dois ATP 250 aumentam o quadro principal de 48 para 56 tenistas e não vão ter qualifying. Os jogadores que estão em isolamento total (como Frederico) jogam a primeira ronda no último dia possível, a 2 de fevereiro.

— A ATP Cup mantém as suas datas originais, de 1 a 5 de fevereiro, prevendo-se que quem está isolado jogue o mais tarde possível. Pelo menos um dos tenistas entre Kei Nishikori e Guido Pella, que estão nessa situação e no mesmo grupo, terá de competir logo na segunda-feira…

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.