Thiem: «Não é possível que um jogador ganhe um Challenger e perca dinheiro porque tem treinador»

Thiem: «Não é possível que um jogador ganhe um Challenger e perca dinheiro porque tem treinador»

Por José Morgado - maio 25, 2020
thiem
Foto: EPA

Dominic Thiem, número três do ranking mundial, tem sido uma das vozes ativas em relação ao momento difícil que o ténis vive. O austríaco de 26 anos foi um dos tenistas que se opôs frontalmente ao apoio monetário dos jogadores de topo a outros tenistas menos cotados, por considerar que nem todos merecem a sua ajuda, mas isso não o impede de reconhecer a distribuição errada do dinheiro na modalidade.

“Há muitas coisas que não estão bem no ténis hoje em dia. É claro que os melhores jogadores do Mundo são muito bem pagados, como acontece em muitas das outras modalidades. Mas o problema está entre a posição 100 e 300 do ranking. Esses jogadores são muito bons e não recebem o suficiente. Não é possível que um jogador ganhe um Challenger, coisa que é muito difícil de fazer, e perca dinheiro porque tem de pagar a um treinador. Há muita coisa mal, mas esses problemas não devem ser resolvidos por mim, mas sim pelas entidades oficiais”, disparou em entrevista ao ‘Der Standard’.

O austríaco acredita que esta situação prejudica todos os envolvidos. “Não é bom para ninguém. Eu estava em boa forma no início de ano e esta paragem foi muito má. O Tsitsipas e o Medvedev estão em subida. Para o Federer e Nadal talvez não seja tão grave pois têm tempo para regenerar os seus corpos e energias.”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.