Thiem: «Ganhar Roland Garros é um objetivo há anos, mas tive pouca sorte em coincidir com o Nadal»

Thiem: «Ganhar Roland Garros é um objetivo há anos, mas tive pouca sorte em coincidir com o Nadal»

Por Nuno Chaves - janeiro 22, 2021
thiem-nadal

Dominic Thiem, númerot três mundial, é um dos claros favoritos a levantar o troféu no Australian Open, prova que em 2020 atingiu a final, perdendo apenas para Novak Djokovic em cinco partidas.

Este ano, o objetivo é claro. “Obviamente que quero ganhar o torneio. Cada torneio que jogo faço para ganhar, com a exceção de Wimbledon, talvez. Não me relaxa nada o facto de ter ganhado um Grand Slam”, afirmou o austríaco ao Sportschau.

“Estou igualmente nervoso em cada torneio, isso não vai mudar até ao final da minha carreira. Sei que se jogar bem e estiver bem preparado, vou ter muitas possibilidades de chegar longe neste Australian Open”.

Ainda assim, questionado sobre os maiores objetivos de 2021, Thiem não teve dúvidas. “O meu maior objetivo é ganhar Roland Garros. Tenho esse objetivo em mente nos últimos anos, continua a ser o torneio que mais gosto, onde as condições são boas para mim. Joguei a final como junior em 2011 e desde esse momento soube que era o torneio que queria ganhar como profissional”, revelou.

“O único problema, até ao momento, tem sido… um certo jogador. Tive pouca sorte em coincidir com o Rafa, nunca consegui vencê-lo nesse torneio, nos outros já consegui, mas vencer no Philippe Chatrier é uma das coisas mais complicadas do desporto. Mesmo assim, é o meu grande objetivo para 2021”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.