Thiem define prioridades: «Ganhar o US Open é brutal mas não se compara a proteger o planeta»

Thiem define prioridades: «Ganhar o US Open é brutal mas não se compara a proteger o planeta»

Por Bola Amarela - novembro 8, 2021

Dominic Thiem encontra-se a recuperar uma grave lesão no pulso direito, apontando a 2022 para ser um ano de retoma naquilo que estava a ser um percurso de enorme qualidade. Afinal de contas, falamos do campeão do US Open de 2020. No entanto, o austríaco mostra-se preocupado com outro tipo de assuntos e define bem as prioridades relativamente ao que é realmente importante.

“Ganhar o US Open é brutal, mas é algo muito pessoal e não se compara a proteger os oceanos, o meio ambiente e o planeta. Se puder fazer uma pequena diferença nisso seria o êxito da minha vida, é algo muito mais importante do que qualquer triunfo pessoal. Talvez seja porque sou da Áustria, onde não temos costa nem mar, por isso me sensibiliza tanto o tema”, afirmou na Kosmos Sports Summit.

Bola Amarela