Thiem dá murro na mesa: «Ganhei o US Open porque mereci, não importa quem não esteve»

Thiem dá murro na mesa: «Ganhei o US Open porque mereci, não importa quem não esteve»

Por Nuno Chaves - março 14, 2021
Thiem

Depois da eliminação em Doha, Dominic Thiem já está no Dubai para tentar o primeiro título numa temporada que, para já, está a correr abaixo das expectativas.

O austríaco já fez a conferência de imprensa de antevisão onde reconheceu que ainda está longe daquilo que pode dar. “Obviamente que não estou no meu melhor momento de forma. A temporada na Austrália foi estranha para mim, tive momentos muito complicados a nível mental que me prejudicaram. Agora estou a tentar encontrar o nível do ano passado. Estes torneios são boas oportunidades para jogar o máximo número de jogos possíveis” admitiu o número quatro mundial.

Mas esta conferência de imprensa ficou marcada por um momento mais quente. Thiem foi questionado se o seu título no US Open, sem Roger FedererRafa Nadal, tinha o mesmo significado. Thiem não gostou.

“Todos os títulos do Grand Slam valem o mesmo. O meu nome está no troféu e vai ficar para sempre. Não importa quem esteve e quem não esteve. Se ganhei é porque mereci”, garantiu.

Quanto aos principais objetivos para 2021. “Sempre disse que ganhar Roland Garros seria um sonho. Não é fácil tendo o Rafa no circuito. Tens de fazer tudo perfeito para conseguir vencer. Tens de jogar um ténis perfeito e esperar que ele não esteja no seu dia. Para que possa ganhar este título tenho de esperar que o Nadal não esteja no seu melhor momento”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.