Thiem: «Adorava que houvesse dois vencedores hoje»

Thiem: «Adorava que houvesse dois vencedores hoje»

Por José Morgado - setembro 14, 2020
thiem-zverev

Dominic Thiem, campeão do US Open numa final emocionante diante de Alexander Zverev, lamentou este domingo, logo depois do encontro, que o encontro (e o título) não pudesse ter sido ganho… pelos dois. O austríaco e o alemão são muito amigos desde há alguns anos e mostraram enorme desportivismo no final do torneio.

“Conhecemo-nos há muito tempo. É incrível ver o quão longe chegámos. Adorava que houvesse dois vencedores hoje. Tu em Madrid [final do Masters 1000 de 2018 quando Zverev ganhou o seu terceiro e Thiem ainda não tinha nenhum], disseste-me que eu um dia iria ganhar um Masters 1000 e eu hoje vou dizer-te o mesmo. Tu vais fazer os teus pais e a tua família orgulhosa. Vais definitivamente ganhar um título destes um dia”, assegurou o austríaco de 27 anos.

Thiem agradeceu ainda à organização da competição. “Obrigado a todos os que tornaram este torneio possível. Todos nos sentimos seguros em todo o lado. Até chegar aqui não acreditava que este torneio ia acontecer. Todos merecem um US Open normal em 2021, com as pessoas nas bancadas.”

Dominic deixou ainda uma mensagem para a sua família. “Espero que a minha família, os meus avós tenham aguentado esta final. Amo-vos a todos e mal posso esperar por vos ver. À minha equipa: obrigado. Trabalham tanto ou mais do que eu…”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.