Thiem admite: «Ganhar o US Open vai ajudar-me a jogar ao melhor nível e de forma mais livre»

Thiem admite: «Ganhar o US Open vai ajudar-me a jogar ao melhor nível e de forma mais livre»

Por Nuno Chaves - setembro 15, 2020

Dominic Thiem é o homem do momento, no circuito profissional masculino. O tenista austríaco conquistou no passado domingo o Open dos Estados Unidos, o seu primeiro Grand Slam da carreira e agora a expetativa em relação àquilo que pode vir a fazer em Roland Garros sobe ainda mais.

O número três mundial, em entrevista à ATP Tour, admitiu que este título pode ter sido importante para se soltar. “Ganhar um Grand Slam era um grande objetivo da minha desportiva. Espero que mude a minha carreira, porque acho que me vai ajudar a jogar de forma mais livre e ao meu melhor nível. Mas também espero que não mude nada a nível pessoal. Não posso ser feliz com base no êxito desportivo, seria um erro”, revelou.

Ainda assim, Thiem recusa ser favorito para qualquer dos principais torneios. “O Big Three continua aí e em qualquer torneio que participem serão os favoritos. Considero que é muito positivo para o ténis que outros comecem a ganhar Grand Slams e não tenho dúvidas de que outros se vão juntar a mim brevemente mas o Novak, Rafa e Roger vão partir sempre com uma certa vantagem por toda a sua experiência e por serem quem são”, concluiu.

 

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.