Thiago Monteiro, Meligeni e Wild entre os destaques brasileiros no Rio Open

Thiago Monteiro, Meligeni e Wild entre os destaques brasileiros no Rio Open

Por Tiago Ferraz - fevereiro 20, 2020
garin
Foto: Bruno Alencastro / Bola Amarela

A variante individual do Rio Open contou com a participação de alguns tenistas brasileiros, como já seria de esperar, e os resultados foram bastante positivos tendo em conta as circunstâncias.

Thiago Wild protagonizou uma estreia de luxo na edição de 2020 do Rio Open com uma vitória estrondosa sobre o espanhol e semi-finalista no Estoril Open de 2019 Alejandro Davidovich Fokina num encontro que teve muita emoção e polémica!

Agora, nos oitavos de final Thiago Wild vai ter um duelo tudo menos fácil diante do croata e top 20 mundial Borna Coric num duelo que se joga já esta quinta-feira.

Thiago Monteiro não quis ficar atrás e também deu espetáculo na cidade maravilhosa: o melhor tenista brasileiro da atualidade surpreendeu e bateu o argentino Guido Pella, top 30 e quarto cabeça-de-série, numa das maiores vitórias de carreira para se apurar para os oitavos de final do Rio Open onde caiu, com algum caráter de surpresa, diante do húngaro Attila Balazs, 106.º ATP, num encontro decidido em três sets.

O jovem Felipe Meligeni Alves também jogou a bom nível e era o que tinha, porventura, a tarefa mais complicada já que se estreou diante do austríaco Dominic Thiem, número quatro mundial e primeiro cabeça-de-série no Rio Open. O tenista brasileiro jogou a muito bom nível e acabou por colocar o adversário em sentido ao vencer um set a um dos melhores tenistas do mundo. No entanto, o desfecho foi desfavorável ao ‘canarinho’ que cedeu em três partidas.

No final do encontro Felipe Meligeni mostrou-se orgulhoso do percurso que fez no torneio e, apesar de ter perdido na primeira ronda, disse que, neste momento, é «um verdadeiro tenista».

Na variante de pares, os brasileiros também estão a exibir-se a bom nível e, neste momento, temos a dupla Thiago Monteiro e Felipe Meligeni nos quartos de final da variante de pares do Rio Open onde vai medir forças com outra dupla canarinha composta por Rafael Matos e Orlando Luz.

Bruno Soares e Marcelo Melo também estão a exibir-se a muito bom nível e já estão no top oito do Rio Open na variante de pares: Bruno Soares está a fazer dupla com Mate Pavic e discute o acesso às meias-finais da prova com os italianos Salvatore Caruso e Federico Gaio enquanto que Marcelo Melo e Lukasz Kubot jogam diante de Roman Jebavy e Igor Zelenay. Em caso de triunfo de ambos os pares teremos duelo entre duas duplas com elementos brasileiros.

Para completar o lote de brasileiros falta falar de João Menezes que cedeu logo na primeira ronda da fase de qualificação diante de Federico Gaio pelos parciais de 7-6(5), 4-6 e 3-6 e de Orlandinho Luz que também não foi feliz ao ser derrotado pelo húngaro e ‘carrasco’ de Thiago Monteiro, Attila Balazs, por 6-3 e 6-3.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.