Tennis United? WTA e ATP ponderam possível fusão

Tennis United? WTA e ATP ponderam possível fusão

Por Bola Amarela - dezembro 13, 2021
djokovic-serena

Depois de avançarem em primeira mão o início das negociações de uma possível fusão entre ATP e WTA, que seria impulsionada pelo fundo de investimentos CVC, com uma injeção de capital que pode chegar até aos 600 milhões de dólares, os britânicos da Sky News conseguiram mais detalhes sobre o andamento das negociações.

Para conseguirem encaixar bem todas as peças nesse complexo movimento, tanto a ATP quanto a WTA deram um passo importante nos últimos dias em relação a uma futura fusão e contrataram consultores financeiros para avaliar o impacto dessa possível fusão. A partir de agora, o ATP vai trabalhar com a Rothschild, enquanto o WTA fechou com a Allen & Company.

A meta final de um processo que ainda tem muitas etapas para serem percorridas é criar a ONE Tennis, um conglomerado económico sob o qual ATP e WTA operariam e que se tornaria a estrutura governante de ambos os circuitos e do qual o CVC Capital Partners forneceria o esqueleto económico.

A nova entidade encarregar-se-ia de melhorar a estratégia comercial do mundo do ténis, além de cumprir um calendário unificado para homens e mulheres. Tudo isto acontece num momento de incerteza financeira e alguma urgência para muitas organizações. A pandemia obrigou a modalidade a “apertar o cinto” e o surgimento do CVC poderia ser um novo fôlego.

O fundo de capital de risco que está por trás da fusão já possui experiência no mundo do desporto e esteve por detrás da Fórmula 1 durante várias temporadas. Atualmente é parceira da La Liga, a primeira divisão espanhola de futebol.

Bola Amarela