Swiatek e as 'meias' em Paris: «Não vou jogar sempre tão bem como joguei com Halep»

Swiatek e as ‘meias’ em Paris: «Não vou jogar sempre tão bem como joguei com Halep»

Por Tiago Ferraz - outubro 7, 2020
swiatek

A tenista polaca Iga Swiatek está a ser uma das grandes sensações da edição de 2020 do torneio de Roland Garros depois de confirmar presença nas meias-finais da prova parisiense.

Depois de ter ultrapassado, de forma estupenda, a romena e porventura uma das grandes favoritas ao título Simona Halep, Swiatek venceu o duelo dos quartos de final e está no top 4:

“A chave para gerir um encontro destes é gerir o stress. Em nenhum momento pensei que estava a jogar uns quartos de final de um Grand Slam. Simplesmente pensava e focava-me no que vinha a fazer nestes últimos dias. Hoje foi complicado estar em court porque as condições não eram nada fáceis, estava muito vento. No final, temos que nos adaptar e mudar o nosso jogo a cada troca de lado”, revela, citada pelo Punto de Break.

Swiatek lembra que não poderá jogar sempre tão bem como fez frente a Simona Halep:

“Neste encontro (contra Trevisan) estava muito nervosa, mas sabia que a minha adversária também estava uma vvez que era o seu primeiro encontro no Court Philipp Chatrier. Lembro-me que quando joguei o meu primeiro encontro no Chatrier foi terrível (…) Sei que não vou jogar sempre tão bem como joguei com Halep, é impossível manter este nível de consistência. Sei que em algumas ocasiões vou cometer erros, mas agora estou mais positiva. O que procuro é ser mais agressivo desde início”, revela.

 

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.