Svitolina: «Penso que Roland Garros e o US Open vão jogar-se"

Svitolina: «Penso que Roland Garros e o US Open vão jogar-se”

Por Tiago Ferraz - julho 18, 2020
svitolina

A tenista ucraniana Elina Svitolina eu uma entrevista a um portal ucraniano onde falou um pouco sobre a atualidade no mundo do ténis e, em particular os torneios de Roland Garros e do US Open.

“Antes tinha muitas dúvidas, mas com o passar dos dias fui percebendo que os torneios vão mesmo ser jogados. Roland Garros está muito evidente que vai ser jogado e o US Open depende da decisão que seja tomada pela organização. Penso que vai chegar-se a um acordo para que os tenistas possam jogar os dois torneios em segurança”, disse.

Elina Svitolina falou ainda da sua decisão quanto ao US Open:

“Tendo em conta a atual situação nos Estados Unidos, penso que vou começar a minha temporada em Madrid e nesse sentido não jogarei o US Open. É uma decisão espontânea, mas ainda não tenho nada garantido a 100 porcento. Estava motivada para jogar o US Open, mas a minha saúde está em primeiro lugar e não vou arriscar. Se a WTA dissesse que o sistema de pontos de mantinha igual então teria que ir jogar para não perder posições no ranking porque defendo as meias-finais do ano passado”, revela.

 

  • Categorias:
  • WTA
Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.