Svitolina opera reviravolta emocionante e agarra bronze nos Jogos Olímpicos

Svitolina opera reviravolta emocionante e agarra bronze nos Jogos Olímpicos

Por Pedro Gonçalo Pinto - julho 31, 2021
svitolina

Com muito drama e emoção, Elina Svitolina personificou o espírito dos Jogos Olímpicos para alcançar uma impressionante reviravolta para conquistar a medalha de bronze em singulares femininos. Foi preciso sofrer muito e encarar a derrota nos olhos várias vezes frente a Elena Rybakina, mas inventou uma forma de ser feliz.

A ucraniana, número 6 do ranking WTA, superou a cazaque (20.ª) com os parciais 1-6, 7-6(5) e 6-4, mas o próprio resultado até pode esconder a autêntica montanha russa que se viveu em Tóquio. É que Rybakina esteve a vencer por 6-1 e 3-1, antes de Svitolina acordar e forçar o tie-break, onde levou a melhor.

Mas ainda havia mais. É que a cazaque voltou a entrar muito forte no terceiro set e abriu caminho para uma vantagem de 4-1, fazendo parecer que o bronze já não lhe escapava. No entanto, Svitolina tinha gasolina no tanque e acelerou sem parar para ganhar cinco jogos consecutivos e garantir o seu posto no lugar mais baixo do pódio olímpico.

Pedro Gonçalo Pinto