Svitolina: «Casamento com Monfils ajudou-me a lidar melhor com tudo»

Svitolina: «Casamento com Monfils ajudou-me a lidar melhor com tudo»

Por Bola Amarela - janeiro 2, 2022

Elina Svitolina não teve um 2021 especialmente fácil. Afinal de contas, acabou por sair do top 10 e passou por algumas crises de resultados mas, pelo meio, teve dois momentos muito especiais. Um deles foi fora de court, ao casar com Gael Monfils. O outro foi o facto de ter levado para casa a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos. E a verdade é que os dois estão ligados.

“Foi um ano muito acidentado. Em alguns aspetos, gostaria de ter feito melhor. Foi um ano muito complicado em relação ao ténis. O casamento com Monfils ajudou-me a lidar melhor com tudo e a aliviar a pressão. Foi aos Jogos Olímpicos totalmente desligado e esqueci-me dos maus resultados que levava nos meses anteriores. Ter conseguido uma medalha é muito especial e um dos maiores êxitos da minha carreira”, revelou à imprensa ucraniana.

Agora como número 15 do ranking WTA, Svitolina garante que está na hora de trabalhar para corrigir essa queda do top 10 e voltar a ocupar o lugar entre a elite mais restrita do ténis mundial feminino. “Se a meio da época me dissessem que ia acabar como número 15, provavelmente pensava que tinha sido um desastre. Mas agora sinto que melhorei muito fisicamente. Depois dos Jogos Olímpicos mudou tudo. Fiz encontros muito duros e mostrei uma versão muito boa. Agora não penso no ranking. Estive entre o 5.º lugar e o 10.º muito tempo. Ter saído não é indicador de que o meu nível baixou”, garantiu.

  • Categorias:
  • WTA
Bola Amarela