Frederico Silva tem de fazer quarentena: «Vão tentar criar uma bolha dentro da bolha»

Frederico Silva tem de fazer quarentena: «Vão tentar criar uma bolha dentro da bolha»

Por Pedro Gonçalo Pinto - janeiro 17, 2021
frederico-silva2
FOTO FPT

Os problemas continuam a chegar. Depois dos passageiros dos voos de Abu Dhabi e Los Angeles, agora foi a vez de um caso positivo na viagem desde Doha obrigar todos os que lá estavam a fazer quarentena. Algo que afeta diretamente o ténis português, uma vez que Frederico Silva viajou aí com o seu treinador Pedro Felner.

“Vinha nesse voo me que houve um positivo. Soubemos há cerca de uma hora e depois houve uma vídeo-chamada para nos informar dos procedimentos. Vamos ter ficar em quarentena os 14 dias. Até agora é essa a informação que temos”, explicou-nos o caldense, que ultrapassou o qualifying do Australian Open em Doha, no Qatar.

No entanto, tal como o número 182 do ranking ATP nos contou, há uma hipótese remota de ser possível treinar, mesmo com esta limitação para os que estavam no voo, que incluem Carlos Alcaraz e Juan Carlos Ferrero também, pore exemplo.

“Como quem deu positivo não foi um jogador, vão tentar criar uma bolha dentro da bolha para que possamos treinar. Embora não estejam muito confiantes que isso venha a ser possível, a organização vai tentar fazer isso para que possamos treinar antes do final do mês”, rematou.

Pedro Gonçalo Pinto