Surreal: só três jogadores na história têm vantagem no confronto direto com Djokovic

Surreal: só três jogadores na história têm vantagem no confronto direto com Djokovic

Por Bola Amarela - novembro 8, 2021

Daniil Medvedev tinha a oportunidade de empatar o confronto direto com Novak Djokovic, mas falhou essa meta ao perder a final do Masters 1000 de Paris, tendo agora uma desvantagem de 6-4. No entanto, não se trata de nada de que o russo se deva envergonhar, até porque ao olhar para os números do sérvio, chegamos à conclusão de que há apenas três pessoas no planeta que se podem gabar de um ‘head to head’ positivo com o número um do mundo.

Se contabilizarmos todos os jogadores que Djokovic defrontou pelo menos três vezes ao longo da carreira, há 114 que entram neste estudo. Entre esses 114, contam-se três que têm vantagem no confronto direto e outros três que estão empatados. Os outros 108 perdem todos no duelo com o sérvio, sendo que Rafael Nadal (48,3% de vitórias), Roger Federer (46%), Dominic Thiem (41,7%) e Daniil Medvedev (40%) são quem mais equilibra em termos de percentagens.

Mas então quem são os três que têm vantagem? Andy Roddick, antigo número um do mundo, terminou a carreira com cinco triunfos e quatro desaires contra Djokovic, Fernando Gonzalez tem um registo de 2-1, o mesmo de Ivo Karlovic, que ainda se mantém no ativo. Quanto aos empates, estamos a falar de Olivier Rochus (3-3), Carlos Moya (2-2) e Guillermo Coria (2-2).

Bola Amarela