Sonego: «Federer é o meu ídolo, mas gostava de ter a resposta do Djokovic»

Sonego: «Federer é o meu ídolo, mas gostava de ter a resposta do Djokovic»

Por Tiago Ferraz - novembro 5, 2020
sonego-viena

O tenista italiano Lorenzo Sonego está num bom momento de forma e, depois de ter causado sensação ao eliminar o número um mundial Novak Djokovic, em Viena, falou ao Corriere dello Sport.

“Os meus exemplos a seguir sempre foram Roger Federer e Jo-Wilfried Tsonga. Se eu pudesse ‘roubar’ algo de um adversário seria a resposta do Djokovic. Ele elogiou-me no final do nosso encontro (em Viena) e eu também fiquei muito agradado com os elogios do Goran Ivanisevic”, salientou, citado pelo Punto de Break.

Lorenzo Sonego explica como conseguiu vencer:

“Eu não me distraio com os nomes do adversário ou pelo que acontece nos courts, mas claro que nunca pensei em chegar à final como lucky loser. Tive boas sensações, melhorei e acho que é sempre difícil vencer jogos contra jogadores tão fortes. Estive bem”, disse.

Recorde-se que Lorenzo Sonego acabou por ser eliminado por parte de Alex De Minaur na jornada desta quarta-feira.

 

 

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.