Sinner comenta 'loucura' de Kyrgios: «A chave foi manter a concentração»

Sinner comenta ‘loucura’ de Kyrgios: «A chave foi manter a concentração»

Por Pedro Gonçalo Pinto - março 30, 2022

Jannik Sinner assistiu da primeira fila a toda a polémica que se viveu entre Nick Kyrgios Carlos Bernardes durante os oitavos-de-final do Masters 1000 de Miami. O australiano perdeu a cabeça no tie-break do primeiro set, já depois de se queixar das condições do court, e acabou o encontro a chamar “atrasado mental” ao brasileiro. Como é que se lida com isto estando no outro lado da rede? Sinner explica.

“Só houve um encontro na minha vida em que tive de manter a concentração apesar do que o meu adversário estava a fazer. Aprendi muito desse embate e pus isso em prática. Adoro jogar aqui, ainda não consegui nada e quero seguir em frente no torneio”, sustentou, antes de falar sobre o que entendeu das queixas de Kyrgios. “A única coisa que percebi foi que ele não gostava do court e que era muito diferente do Central. O resto não entendi”, garantiu.

Certo é que, contas feitas, Sinner sai muito satisfeito com a sua prestação. “Normalmente não se jogam encontros assim como este com o Nick, então estou muito contente pela maneira como geri tudo. Sabia que ia ter de subir o nível porque Nick faz com que estejas longe da linha de fundo, mas respondi melhor do que esperava. A chave foi manter a concentração, fiz um grande trabalho nisso”, atirou.

[VÍDEO] Caos! Kyrgios perde a cabeça e leva point e game penalty no tie-break contra Sinner

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.