Shapovalov: «Estou muito chateado com o que o Federer disse das esquerdas a uma mão»

Por Nuno Chaves - 20 março, 2019

Recentemente, Roger Federer admitiu que a esquerda a duas mãos era mais prática para ser ensinada aos mais novos – o próprio garantiu que não ia ensinar aos filhos a esquerda a uma mão -, mas parece que há alguém que não concorda (de todo) com essa afirmação do tenista de 37 anos.

Denis Shapovalov mostrou-se contra esta ideia do suíço. “Estou muito chateado com o que o Federer disse sobre as esquerdas a uma mão. Acho que é uma pancada inacreditável. Penso que tem razão quando diz que é difícil de se ensinar, especialmente quando és jovens porque não tens força suficiente”, confessou o canadiano ainda em Indian Wells.

“Toda a gente gosta de ver uma esquerda a uma mão. É muito divertido de se ver, mas também é muito eficiente. Não creio que com a esquerda a duas mão pudesse fazer pancadas como as que faço. Com a esquerda a uma mão tenho mais flexibilidade, adoro esta pancada”.

“Tenho muito mais liberdade, acho que se consegue criar muito mais, abrir muitos mais ângulos. Claro que com a esquerda a duas mãos, se apanhamos uma pessoa como o Novak, também é possível abrir muitos ângulos”, frisou o jovem de apenas 19 anos.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.