Serena Williams: «Estou a lutar para chegar aos 24 Grand Slams»

Serena Williams: «Estou a lutar para chegar aos 24 Grand Slams»

Por Tiago Ferraz - janeiro 6, 2020
serena-williams
Tennis – Australian Open – First Round – Melbourne Park, Melbourne, Australia, January 15, 2019. Serena Williams of the U.S. in action during the match against Germany’s Tatjana Maria. REUTERS/Lucy Nicholson – UP1EF1F06Z46I

A campeoníssima norte-americana Serena Williams deu uma entrevista à plataforma oficial da WTA onde falou um pouco das expectativas para o ano de 2020 e falou ainda do que mudou desde a última vez que esteve em Auckland a jogar antes de ficar grávida:

«A diferença entre este ano e a última vez em que eu estive aqui são muitas. É a primeira vez que aqui estou sem estar grávida (entre risos). As sensações são muito diferentes dessa altura. Olhando para trás, tudo o que se passou foi surreal. Tenho muitas lembranças dessa época uma vez que estive a jogar ténis no primeiro trimestre da gravidez. Estava de seis semanas e era fantástico. (…) Estou muito feliz de estar aqui», disse a norte-americana.

Serena Williams colocou ainda os olhos no futuro e deixou a garantia de que vai querer chegar ao recorde de Grand Slams de Margaret Court que está fixado nos 24 Grand Slams:

«Chegar aos 24 Grand Slams foi algo que sempre significou muito para mim durante este tempo todo e agora estou a tentar chegar a esse número de todas as maneiras possíveis. Tive muitas oportunidades para poder chegar a esse título, mas as minhas adversárias foram melhores que eu e mereceram vencer o título. Apesar de sentir que estava a uma vitória de vencer, não tenho boas recordações dessas finais e senti que o meu nível não esteve à altura para alguém que quer vencer um Major. Tenho que tentar descobrir a maneira de vencer a todo esse talento que está a emergir no circuito», vincou.

  • Categorias:
  • WTA
Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.