Serena arrasadora começa caminhada de olhos postos no recorde

Serena começa de forma arrasadora, Kerber sofre derrota chocante

Por Bola Amarela - fevereiro 8, 2021
serena-williams

De olhos postos no recorde de Grand Slams (24) de Margaret Court, Serena Williams entrou absolutamente arrasadora no Australian Open. A norte-americana, dona de 23 Majors, dizimou por completo Laura Siegemund num encontro em que, imagine-se, a alemã quebrou o serviço à 11.ª do ranking WTA logo para começo de conversa. O problema é que se acabou aí a gasolina da 51.ª classificada.

Serena, que também deu muito que falar pelo ‘outfit’ arrojado, viu-se a perder por 1-0 e só parou quando estava… 6-1 e 4-0. Foi, por isso, de forma muito natural que a jogadora de 39 anos imitou a irmã rumo à segunda ronda, mas com os parciais 6-1 e 6-1. O problema ficou resolvido em menos de uma hora e serviu quase de declaração de intenções à concorrência, ainda para mais numa zona do quadro recheada de estrelas! Nina Stojanovic, a próxima adversária, que se cuide.

Bem mais anormal foi o que se passou entre Bernarda Pera e Angelique Kerber. Se lhe disséssemos que o resultado final foi 6-0 e 6-4, certamente iria pensar que tinha sido a favor da antiga número um do mundo e três vezes campeã de torneios do Grand Slam. Mas não. O direito de festejar foi da norte-americana (63.ª) que, aos 26 anos, provocou um dos primeiros choques do Australian Open. Pera venceu os primeiros 9 (!) jogos frente à 25.ª WTA e aguentou a reação da germânica no segundo set – saiu de 0-40 quando servia para fechar o encontro -, com enorme confiança na linha de fundo: a conta final de winners foi… 26-7.

Quem poucos problemas teve foi Iga Swiatek, a vencedora de Roland Garros em 2020. A polaca (17.ª) até esteve com break abaixo no segundo, mas o resultado não engana: 6-1 e 6-3 frente à holandesa Arantxa Rus, marcando um interessante duelo com Camila Giorgi na segunda ronda.

Bola Amarela