Sebastian Baéz: «Contente por ter vencido um encontro tão difícil»

Sebastian Baéz: «Contente por ter vencido um encontro tão difícil»

Por Susana Costa - abril 28, 2022

O encontro diante de Marin Cilic prolongou-se por três sets e 1h50 minutos, mas foi sem mais delongas que Sebástian Baéz analisou a vitória frente ao croata Marin Cilic, terceiro cabeça-de-série, logo após a passagem aos quartos-de-final do Millennium Estoril Open.

“Ele arrancou bem e eu não entrei da melhor maneira”, começou por referir o argentino de 21 de anos, 59.º do ranking mundial, admitindo que o vento se revelou uma dificuldade adicional diante do antigo número três mundial.

“Quando terminou o primeiro set, tratei de iniciar o segundo de uma maneira totalmente diferente”, apontou Baéz, revelando-se “contente por ter podido levar de vencido um encontro tão difícil”.

O argentino, carrasco de João Sousa neste edição do ATP português, vai lutar com Richard Gasquet por um lugar nas meias-finais.

‘David’ Baez supera ‘Golias’ Cilic rumo aos quartos-de-final do Millennium Estoril Open

Susana Costa
Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tal que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo e um Secundário dignamente enriquecido com caderno cujas capas ostentavam recortes de jornais do Lleyton Hewitt. Entretanto, ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.