Schwartzman: «Djokovic faz-me sentir sem pulmões e contra Federer parece que não sei jogar ténis»

Schwartzman: «Djokovic faz-me sentir sem pulmões e contra Federer parece que não sei jogar ténis»

Por José Morgado - abril 4, 2020
djokovic-schwartzman

Diego Schwartzman, número 13 do ranking mundial, esteve esta sexta-feira em direto no Instagram com o jornalista argentino Danny Miche, onde abordou os mais diversos temas da atualidade, entre os quais as qualidades que distinguem os três membros do Big Three de todos os outros.

“Contra Nadal entras sempre com esperanças de lhe dar luta em qualquer dia e qualquer superfície, mas rapidamente percebes que é quase impossível derrotá-lo. Djokovic faz-me sentir que ao segundo jogo de serviço já não tenho pulmões. É inacreditável. Federer dá-te mais ar, mas parece que não sabes jogar ténis. É incrível como ele bate na bola. São os três inacreditáveis, de maneiras diferentes”, confessou o tenista de 28 anos.

Schwartzman considera que quando os três estão ao seu melhor… Djokovic talvez seja o mais forte. “Ao seu melhor, Djokovic já derrotou Rafael Nadal muitas vezes em terra e Roger Federer muitas vezes em relva. Por isso talvez diria que ele está ligeiramente por cima dos outros dois. Vamos ver se consegue chegar aos recordes, agora ia embalado e viu esse ritmo ser quebrado. Mas o Djokovic sabe que tem de manter o nível, porque se não ganhar ele vão ganhar os outros dois”.

El Peque revelou ainda que se dá bem com todos. “Com Nadal obviamente por causa da língua. Ambos adoramos futebol. Mas dou-me muito bem com os outros dois. Adoro o Federer e a equipa dele. E o Djokovic também é muito humano.”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.