Rublev após bater Federer: «Foi a melhor e mais emocionante vitória da minha carreira»

Por Nuno Chaves - agosto 16, 2019
Aug 15, 2019; Mason, OH, USA; Andrey Rublev (RUS) reacts to defeating Roger Federer (SUI) during the Western and Southern Open tennis tournament at Lindner Family Tennis Center. Mandatory Credit: Aaron Doster-USA TODAY Sports – 13213101

Depois de uma longa ausência devido a lesão, Andrey Rublev parece estar de regresso à sua melhor forma e viveu esta quinta-feira um dos momentos mais especiais da sua carreira, ao bater Roger Federer nos oitavos de final do ATP 1000 de Cincinnati… em apenas 61 minutos.

O jovem de 21 anos explicou aquilo que fez para bater o campeoníssimo. “Sabia que tinha de começar concentrado desde o início e tive a sorte de ele não ter servido bem nos primeiros jogos. Fez muitos segundos serviços e eu aproveitei para pressionar. Essa é a razão pela qual o quebrei. Sei que o meu jogo foi agressivo e bastante rápido. Para alguns jogadores é difícil de controlar, essa é uma das minhas forças”, confessou o tenista russo.

Rublev, durante todo o encontro, nunca pareceu acusar a pressão. Ele explicou como conseguiu fazer. “Na minha cabeça só queria não olhar para a minha equipa, não ver o resultado e não olhar para o Roger. Tentei estar mais relaxado e funcionou. Creio que foi a melhor e mais emocionante vitória da minha carreira”, admitiu o atual número 70 do mundo, que já tem reentrada garantida no top 50.

Rublev defronta esta sexta-feira, nos quartos de final, o compatriota Daniil Medvedev.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.